M.I.A. - Kala

Photobucket

Esta mulher, Mathangi "Maya" Arulpragasam, de 30 anos tem feito algum furor no mundo mais alterativo da música com os seus temas despidos e ásperos onde mistura um conjunto de estilos que vão do hip-hop ao electrónico passando também pelas suas origens indianas e até pelo samba.

O seu primeiro underground hit foi o tema Galang de 2004 do seu primeiro álbum de originais Arular (nome da mãe):



É um excelente exemplo do seu estilo que, confesso, me deixou completamente confuso.

Mas não se pense que foi este o ponto de partida de M.I.A. Ela alcançou a crítica britânica como artista plástica, tendo sido nomeada para o importante prémio Alternative Turner Prize. Também se aventurou pelo cinema (que estudou) e escreveu argumentos para radical cinema. Nos últimos anos, para além da sempre presente imagem por ela criada nos seus trabalhos, tem-se empenhado na produção dos seus temas.

E eis que surge Kala (nome do pai), o seu último projecto lançado :

Photobucket

A sonoridade caótica e de diferentes e inesperados estilos mantém-se e se a estranheza ao início nos faz duvidar das intenções da artista, a verdade é que ao fim de algum tempo somos invadidos pelas melodias cruas que percorrem todo o álbum que leva consigo mensagens críticas à sociedade e política mundial expressas muitas vezes de forma extrema e in your face.

O primeiro single, Boyz marca bem o seu impacto:



Com Bird Flu, um single nunca totalmente lançado, ela fez-se ouvir um pouco por todo o mundo. Eu acho a canção irritante e só me apetece estrangular o maldito galo que percorre a canção do início ao fim! É esta a relação muito ténue de amor e ódio que sinto pelo trabalho de M.I.A.


Photobucket

O seu último single, Paper Planes, curiosamente uma das canções mais calmas de todo o projecto, foi o que causou mais polémica recentemente... nos EUA. Tendo cantado o tema no Late Show with David Letterman a produção alterou-lhe o barulho dos disparos de pistolas do refrão por... portas a bater. Para quem procurar no youtube pode constatar a surpresa de M.I.A. Mas não ficou por aqui, a MTV fez algumas alterações ao vídeo original: a produção vocal levou um tratamento para ficar mais limpa, os disparos também foram à vida, o som da roleta da arma foi subsituida pelo som de uma caixa registadora e algumas palavras silenciadas. A artista já mostrou o seu desagrado e parece ter perdido o interesse em colaborar com esses meios novamente.

Aqui deixo o vídeo original pertencente a um disco para descobrir, por vezes de forma forçada e com uma grande moca:



M.I.A. - Kala (2007) - 7,5/10

Bamboo Banga- ***
Bird Flu- ***
Boyz- *****
Jimmy- ****
Hussel- ****
Mango Pickle Down River- ***
20 Dollar- ***
World Town- *****
The Turn- ****
XR2- ****
Paper Planes- *****
Come Around- ****


Nota: Olhando para a tabela dos álbuns criticados no ano que passou penso que, regra geral, foi inflaccionado o valor dado por isso acho importante nivelar as coisas, neste caso, por baixo.


Partilhar

Publicada porPJ:  

4 comentários:

Luy disse... 07/01/08, 16:33  

Adorei a crítica. Gosto desse encadeamneto de ideias. É como eu faço :p

Eu já tinha visto o video de Boyz e fiquei perplexo. Achei que estava fenomenal e na altura pensei: esta miúda vai longe. E confesso que estava à espera que a canção passasse a dominar as rádios. Mas não se confirmou essa parte.

Acho que ela tem carisma. Para a MTV e o Letterman a promoverem é pq o público já se rendeu. É nesses casos que a internet se torna democrática. Torna mais fácil a criação destes fenómenos sem ter que haver uma intervenção economicista por detrás.

Parabéns pela tua descoberta.
Xuac

PJ: disse... 07/01/08, 18:45  

:D

Pois, eu ainda continuo no processo de descoberta e, se algumas abomino, a verdade é que não passo um dia sem escutar as suas músicas :)

Brígida disse... 08/01/08, 19:43  

este post esta excelente, uma "pequena.. grande homenagem" a esta cantora um pouco incompreendida.

confesso que nao foi amor À primeira vista.. mas agora até que é um som que se ouve bem!

cnt com o blog excelente ^^

PJ: disse... 08/01/08, 23:48  

Obrigado pela visita :)

Enviar um comentário