Video Time Machine #11


Bruce Springsteen - 57 Channels and Nothin On… [1993]

O Boss faz este ano, em Setembro, nada mais nada menos que 59 anos! De nome completo Bruce Frederick Joseph Springsteen, nasceu em Nova Jérsia, nos EUA, numa família de ascendência irlandesa e holandesa do lado do pai e italiana do lado da mãe. Aos 13 anos comprou a sua primeira guitarra e com ela começou a compor.

Depois da passagem por várias bandas e diversas tentativas para convencer a crítica, Bruce Springsteen deixa a sua primeira assinatura no mundo do estrelado musical, acompanhado pela E Street Band, com o álbum “Born to Run”, editado em Agosto de 1975.

Bruce Springsteen viria a consolidar a sua carreira nos anos 80, com os álbuns “Born in the U.S.A.” (1984) e “Tunnel of Love” (1987), que levaram o seu nome para lá das fronteiras americanas. O Boss também não passou ao lado dos anos 90, com os álbuns “Human Touch” (1992) e Lucky Town (1992), editados em simultâneo, a escalarem os tops mundiais.

Depois, é sobejamente sabido que, em 1993, a canção "Streets of Philadelphia", tema principal da banda sonora do filme “Filadélfia”, que tratava sobre a discriminação das vítimas da SIDA nos EUA, uma doença também associada, à altura, à homossexualidade, que já por si era alvo de discriminação, recebeu o Óscar de melhor tema original e voltou a encher de louros Bruce Springsteen.

Hoje, o tema que apresento chama-se “57 Channels and Nothin On”, é de 1993, não é um dos melhores vídeos de Bruce, mas é uma crítica à sociedade que se mantém bastante actual, sobretudo para quem gosta de uma pluralidade no que se refere ao conhecimento, que hoje em dia é dominado pela TV.

A minha razão da escolha prende-se por uma analogia que eu faço. É que ainda nem começou o Campeonato Europeu de Futebol e eu já estou farto de tal evento, que enche os canais portugueses de telelixo. Espero que a equipa portuguesa perca todos os jogos da qualificação para os quartos de final. É só por uma questão de equilíbrio, já há muita gente a apoiar a “nossa” selecção. Eu prefiro apoiar a economia do país, os desfavorecidos, o meio ambiente e os animais.

Enquanto isso, 57 Channels and Nothin On…

Partilhar

Publicada porLuy  

2 comentários:

zeh disse... 03/06/08, 22:44  

Apesar de ser do início dos anos 90 acho que esta canção tem uma sonoridade ainda bastante actual. E sim, também eu já estou farto do Euro ainda antes dele ter começado... a TV portuguesa em geral (e infelizmente, também os supostos "canais públicos) esforça-se mais por agradar às massas e assim vender espaço de publicidade em vez de apostar um pouco mais em educar os gostos...

Pedro José disse... 04/06/08, 11:36  

Este passado fim-de-semana deve ter sido dos piores dias da televisão nacional. Com falsas notícias de histerismos, cachecóis, verde, vermelho, autocarros e aviões. Para esquecer!

Enviar um comentário