Timbaland presents Shock Value

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Há um nome comum entre Nelly Furtado, Elton John, Destiny’s Child, Aaliyah, Björk e Justin Timberlake e este é Timothy Z. Mosley.

Quem?

Timbaland, pois claro!

O mega-produtor acaba de lançar um novo álbum de colaborações, Timbaland presents Shock Value. Este projecto conta com inúmeras contribuições que vão desde os mencionados Nelly e Justin até à sua amiga de sempre Missy Elliott.


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Sendo um dos nomes mais prolíferos da última década na cena musical mundial, Timbaland tem conseguido manter-se popular e sempre muito requisitado pelas suas produções marcantes e melódicas sem nunca esquecer a vanguarda mais em voga.

Para que se tenha a noção da proporção do seu sucesso mais recente, Timbaland assinou sete (!!!) singles de grande sucesso à escala global, entre eles Promiscuous, Maneater, Say It Right (todos da Nelly), SexyBack e My Love (do Justin). Foi precisamente com estes dois artistas que ele decidiu gravar o single de apresentação Give It To Me.

Este projecto é a prova da qualidade sempre presente nos trabalhos de Timbaland, prendendo o ouvinte desde o início com os seus ritmos complexos e a exploração muito bem conseguida dos sintetizadores que conseguem alimentar uma profundidade notável às melodias nunca esquecidas. O álbum, apesar dos inúmeros estilos que vão do r’n’b ao mais contagiante pop, é muito coeso e é para escutar (quase) da primeira faixa à última.


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Ficam aqui os destaques:

  • Give It To Me – A faixa de apresentação do álbum e um bom resumo do que se pode esperar no seu interior. Ligeira experimentação musical, sem nunca abdicar de uma batida e de uma melodia que fica no ouvido e nos faz dançar.

  • Way I Are – Uma das faixas mais viciantes que nos desloca para a década de 80 com a sua sonoridade dominada por sintetizadores electrónicos mas com uma produção muito moderna

  • Kill Yourself – Pode ser considerada uma mistura entre um típico rap acompanhado por um piano e os a voz distorcida dos Pet Shop Boys de há vinte anos atrás. Consegue imaginar?

  • Scream – Arrisco-me a dizer que esta é uma das melhores faixas lançadas este ano, o ritmo troteado balança-nos e o refrão inspirado prende-nos do início ao fim.

  • Throw It On Me – A mais rockeira das faixas que nos leva a uma viagem alucinante de guitarras estridentes misturadas com ritmos electrónicos.

  • Time – Faz lembrar um David Bowie nos longínquos anos setenta em termos de sonoridade, esta que é acompanhada, como sempre Timbaland nos habituou, por batidas modernas.

Confesso que tive alguma dificuldade em fazer uma selecção para destaque, porque poderia muito bem incluir mais umas três ou quatro canções que são realmente muito boas.


No fim, optei por escolher as que mais se diferenciam.
Porque é nisso que se baseia o sucesso e a longevidade da carreira de Timbaland: a versatilidade.

Timbaland - Shock Value
(Nota: 8,5/10)
1. Oh Timbaland (****)
2. Give It To Me (****)
3. Release (*****)
4. The Way I Are (*****)
5. Bounce (**)
6. Come And Get Me (**)
7. Kill Yourself (****)
8. Boardmeeting (****)
9. Fantasy (****)
10. Scream (*****)
11. Miscommunication (****)
12. Bombay (***)
13. Throw It On Me (****)
14. Time (****)
15. One & Only (***)
16. Apologize (****)
17. 2 Man Show (***)

*Xuac*

Partilhar

Publicada porPJ:  

0 comentários:

Enviar um comentário