#1 Welcome to Pategónia

Felizmente que Portugal já abandonou o Euro. Há 2 meses que não havia imprensa neste país.

Às vezes até julgo que não vivo no mesmo país que vejo na televisão! A cobertura mediática do Euro (Campeonato Europeu de Futebol, não confundir com a moeda) foi um desses exemplos. Se antes do Euro já era difícil captar alguma coisa decente para se ver na TV, quando se começaram a fazer entrevistas aos futebolistas no seu lar, entrevistas às mulheres dos futebolistas, aos filhos dos futebolistas, ao resto da família dos futebolistas, aos vizinhos dos futebolistas, perseguições aos autocarros e aviões onde seguiam os futebolistas… Bem, aí as coisas começaram mesmo a tornar-se insuportáveis.

Esta estupidificação do país cresce a uma velocidade galopante. Se há uns anos atrás havia um certo gozo por se ouvir um alentejano ou um nortenho a falar na TV, porque se achava que eram pacóvios, hoje em dia temos uma pacovice generalizada. Porque, afinal, esses alentejanos ou nortenhos eram fruto de uma cultura enraizada, dentro de um contexto específico. Podiam até nem saber ler nem escrever, podiam ser retrógados em inúmeros aspectos para o mundo moderno, mas havia um certo bom senso, nem que fosse o de uma pertença a uma genuinidade própria, com costumes e valores próprios. Por seu lado, continuando com o mesmo exemplo, os alentejanos e os nortenhos até sabiam que eram alvo de chacota dos seus patrícios da cidade, mas estavam-se nas tintas para o facto. Para se defenderem a sua filosofia era um pouco do género da de Sócrates: “só sei que nada sei”; ou a resposta com uma expressão muito popular no Alentejo: “deixem-nos andar” (ou num português mais correcto “deixai-os” andar).

Actualmente, a situação é completamente bizarra. Temos uma população maioritariamente caricata, como os tais alentejanos e nortenhos, por serem figuras cómicas, mas, ao contrário destes, é uma tribo de ignorantes, desprovidos de qualquer bom senso e completamente desenraizados e sem rumo! E, o pior de tudo, acham que são inteligentes e que quando têm uma ideia de merda estão convictos de que descobriram a pólvora! Sim, como se todas as pessoas tivessem as mesmas capacidades!

Enfim, decidi inaugurar uma nova rubrica no nosso blog, que se chama WELCOME to PATEGÓNIA, onde iremos colocar aqui fotografias e tecer comentários sobre as mesmas, em que o assunto é a pateguice deste país, feito por estas pessoas que habitam um país que não se chama Portugal mas PATEGÓNIA.

As primeiras fotos são dos PATEGOS que no Rock in Rio passavam horas em filas para receber balões, bóias e outro género de brindes (made in china), em vez de assistirem aos concertos. Digam lá se estes não são da PATEGÓNIA?


Partilhar

Publicada porLuy  

2 comentários:

zeh disse... 23/06/08, 09:26  

Como sugestões de complementar esta nova rubrica, não esquecer as inaugurações do túnel do Marquês e da estação de comboios do Rossio...

Luy disse... 23/06/08, 15:09  

O Túnel do Marquês já aqui foi tratado noutra ocasião. Ainda não havia este espaço totalmente dedicado à pateguice.

Não te preocupes, qua há material de sobra.
:p

Enviar um comentário