Video Time Machine #16

Eight Wonder – I’m Not Scared [1988]
O nome Eight Wonder poderá não ter ficado gravado na memória dos que viveram os anos 80, mas talvez a escuta deste I’m Not Scared em conjunto com a imagem de Patsy Kensit possam resgatar algumas lembranças.

Esta banda iniciou-se com o nome Spice e era liderada por Jamie Kensit, irmão de Patsy Kensit, que a convidou para vocalista da banda em 1983, quando ela tinha apenas 14 anos! Em 1985 assinaram o primeiro contrato, já com o nome Eight Wonder.

Por essa altura Patsy Kensit atirou uma frase numa entrevista que a tornou impopular: All I want is to be more famous than anything or anyone. Contudo, este episódio não impediu que o tema I'm Not Scared conquistasse definitivamente o público britânico, com um 7º lugar no Top. O sucesso estendeu-se mesmo para lá das ilhas britânicas, tendo este single registado o 2º lugar nas vendas em Portugal e entrado no Top 10 de inúmeros países europeus, incluindo o mercado discográfico japonês. O tema foi escrito e produzido pelos Pet Shop Boys, que haveriam de fazer a sua própria versão, que foi editada no seu álbum Introspective.

Naturalmente que a imagem de Patsy Kensit ajudou a vender o single, com uma presença extremamente sexy, a evidenciar algumas semelhanças com Debbie Harry, dos Blondie. Os Eight Wonder ainda tiveram outro sucesso à escala mundial, intitulado Cross My Heart, num registo dance music, mas a sua carreira não foi além de dois álbuns.

Patsy Kensit iniciou em simultâneo com a música uma carreira de actriz e uma novela de relacionamentos algo tempestuosos, pelos quais se tornou ainda mais famosa, mas que não se conugaram da melhor maneira com a sua carreira de cantora.

Gary Kemp, dos Spandau Ballet, foi o primeiro namorado famoso de Patsy Kensit, quando ela tinha 15 anos e ele 24. Em 1988 casou com Dan Donovan, dos Big Audio Dynamite, e em 1992 com Jim Kerr, vocalista dos Simple Minds, com quem teve o primeiro filho. Em 1997 voltou a casar-se, desta vez com Liam Gallagher dos Oasis, com quem viria a ter o segundo filho e a divorciar em 2000.

Depois do último divórcio Patsy Kensit voltou a fazer sucesso no Reino Unido, não na música, mas com inúmeras participações em telenovelas, que não faziam justiça ao sucesso que teve nos anos 80 no cinema, em que teve algumas participações que valeram alguns louros da crítica, como foi o caso da sua participação em Arma Mortífera 2, ao lado de Mel Gibson.

Contudo, fica este legado de Patsy Kensit para a história da música, que nos deixa com dúvidas sobre se ela não era efectivamente um grande potencial na luta entre as meninas da pop da altura, como o símbolo britânico do género a entrar na competição.

Partilhar

Publicada porLuy  

3 comentários:

Pedro José disse... 10/03/09, 00:12  

Confesso que só conhecia a versão dos PSB =o

Luy disse... 10/03/09, 11:23  

Mas olha que tu também viveste nos anos 80. É imperdoável que não conheças... :p

Pedro José disse... 10/03/09, 15:08  

Daí o meu smilie de surpresa e espanto "=o"

:p

Enviar um comentário