The Black Eyed Peas - The E.N.D.


Mais de uma década passou desde a estreia dos The Black Eyed Peas com o álbum Behind The Front (ainda sem Fergie, a vocalista feminina actual, que se juntou a will.i.am, apl.de.ap e Taboo). Por incrível que pareça, mesmo após o sucesso global que os álbuns Elephunk [2003] e Monkey Business [2005] lhes proporcionou, só agora, com o primeiro single do novo projecto, The E.N.D. [leia-se The Energy Never Dies], entitulado Boom Boom Pow, chegaram a #1 nos E.U.A. Aqui fica o vídeo:



Este é um trabalho bastante extenso, o que possuo tem um total de 18 faixas (dependendo da versão e respectivas faixas bónus). E há uma forte componente experimentalista por todo o álbum, típico das produções techno-funk do grupo que consegue, assim, muitas vezes prestar homenagem a si mesmos (como em One Tribe, recordando um actualizado Where Is The Love?). As faixas dançáveis continuam a ser uma das suas assinaturas e os ritmos fluem por entre as faixas, por vezes de forma inesperada. O vocoder tem o seu máximo uso desenvergonhado na faixa Rock That Body.


Apesar de toda a energia frenética com que abre este trabalho, a verdade é que os The Black Eyed Peas não se esquecem das faixas mais regulares, geralmente próximas da balada pop mid-tempo. Com melodias bem trabalhadas e cronometradas, são agradáveis de escutar e quase sempre apresentam pormenores de produção que estimulam o interesse pela faixa. Exemplos disso são a Meet Me Halfway, Missing You ou o segundo single de apresentação I Gotta Feeling:



Após um primeiro contacto com sabor a techno e passando depois a um momento mais mainstream e calmo, aceleramos de novo para mais um novo registo com alguns detalhes que lembram a disco da década de 1970, como na faixa Rockin To Beat.

Com toda a extensão do álbum [até 79 minutos], é notável como a banda nos consegue prender durante todo este tempo. São raras as vezes que temos que esperar pouco mais de 3 minutos para encontrar uma hook ou um ritmo ou um acorde que nos prenda, pois na realidade, os The Black Eyed Peas são bastante versáteis, apresentando vários estilos de canções que funcionam num todo, levando-nos a várias sensações de energia, porque, caótica ou bem sossegada, a sua energia efectivamente nunca morre!

The Black Eyed Peas - The E.N.D. [2009]
Nota: 8,5/10

"Boom Boom Pow" – *****
"Rock That Body" – *****
"Meet Me Halfway" – *****
"Imma Be" – ****
"I Gotta Feeling" – ****
"Alive" – ****
"Missing You" – *****
"Ring-a-Ling" – ***
"Party All the Time" – ****
"Out of My Head" – ***
"Electric City" – ***
"Showdown" – ****
"Now Generation" – ****
"One Tribe" – ****
"Rockin to the Beat" – ****
"Simple Little Melody" - *****
"Mare" - ****
"I Can't Make You Dance" - ****

*xuac*

Partilhar

Publicada porPedro José  

1 comentários:

ImpossiblePrince disse... 15/06/09, 22:50  

Gosto, mas prefiro os outros 2 álbuns :)

Enviar um comentário