Notável...


Não importa que o frente-a-frente de Sábado entre o Primeiro Ministro Engº José Sócrates e a líder do PSD Dra. Manuela Ferreira Leite tenha sido, pese embora a melhor preparação do primeiro, um empate. O facto mais notável é que houve alguém que conseguiu arrancar um sorriso à segunda. Ainda para mais sem recurso ao Photoshop. Eu, pessoalmente, teria medo de estar à sua frente O_o Sem apresentação de ideias claras e com um cargo claramente pesado a seus ombros, Leite não faz mais do que respeitar um favor aos seu amigo Professor Cavaco Silva. Se clicarem na imagem acima vão poder ler uma ideia do que os espanhóis pensam dela e haverá alguém que me explique por que é que o interesse dos espanhóis no TGV anula o interesse nacional no mesmo? Parece-me que Ferreira Leite apenas tenta invocar os preconceitos e ódios mais básicos dos portugueses contra os espanhóis sem que nada o justifiquem. Sem a ligação privilegiada e moderna da alta velocidade seremos, certamente, cada vez mais a cauda da Europa sem grandes hipóteses de prosperidade. Mas isso já não interessa nada.


Já Sócrates possui um carisma de líder inquestionável e, apesar de algumas [muitas?!] políticas dúbias a nível social, sabe comandar e mostra sempre uma lição bem estudada conseguindo por várias vezes encurralar a adversária sem que esta, aparentemente, o note [portagens nas SCUTS!].


Creio que muitos esperavam um combate feroz entre Sócrates e o Professor Francisco Louçã mas, mais uma vez com o Programa do concorrente na ponta da língua, Sócrates conseguiu claramente levar ao tapete o seu adversário que apenas conseguiu meter-se em bicos dos pés e sair com uma imagem de líder de ideias impraticáveis [três expressões orais numa única frase para condizer com o tema =p].

Tudo por se decidir, pois claro... tudo já saturado e só agora a campanha começou!

*xuac*

PS - E só porque ainda há tempo e ainda há também algum humor, aqui fica um vídeo sucinto intitulado A Verdade da Política de MFL :

Partilhar

Publicada porPedro José  

2 comentários:

Luy disse... 17/09/09, 10:27  

A minha opinião acerca dos debates é bastante diferente.
Primeiro, não acho que o Sócrates seja um líder. É apenas um boneco nas mãos de uma série de assessores de comunicação e imagem. O que interessa é apresentar o boneco imaculado e com a resposta na ponta da língua.
A Ferreira Leite, que é da velha escola, entra para os debates só com o que tem na cabeça (o que é notoriamente pouco).
Por exemplo, nas entrevistas do Gato Fedorento, na minha opinião a Ferreira Leite conseguiu superar o Sócrates. Ali não havia estudo prévio e o Sócrates não conseguia disfarçar o ódio quando levava com uma pergunta mais amarga. Tentava disfarçar desviando o olhar e depois respondia o politicamente correcto.
A Ferreira Leite tentava encontrar uma resposta astuta, que jogasse ao mesmo nível da piada do Ricardo Araújo Pereira.
O Sócrates é uma farsa desde o inicío. É uma falso, subiu na vida à custa de cunhas, é um corrupto, é do pior tugiusmos que temos neste país.
Quanto ao Francisco Louçã, pode ser um pouco utópico, mas acho que, dos vários candidatos, é o que trás o verdadeiro discurso de verdade (e passo o pleonasmo) que todos aclamam ter.

Luy disse... 17/09/09, 10:34  

Quanto ao TGV, acho que a Manelinha não devia ter feito aquele discurso contra os espanhóis. Disse o que lhe ía na alma. Eu também não gosto dos espanhóis metidos na política portuguesa, mas a verdade é que eles já estão metidos em tudo e estão a aproveitar para comprar o nosso país em saldo.
A título de exemplo, a zona do Alqueva é quase toda espanhola.
Também não acho que o TGV seja uma prioridade. Prioridade é o novo aeroporto e melhorar as vias ferroviárias em todo o país e depois "obrigar" a população a usá-las.
Contudo, tenho a certeza que a Manuela Ferreira Leite, se chegar ao Governo, a primeira medida que vai tomar é arrancar com o TGV. Vai arranjar uma desculpa como: "já não podia parar o processo desencadeado pelo PS", "a união europeia obriga-nos a aplicar os financiamentos", etc

E assim vai este país... de verdade.

Enviar um comentário