Alicia Keys: The Element Of Freedom


Alicia Augello Cook nasceu na colheita de 1981 (*cough*) em Nova Iorque. Criada pela mãe, frequentou com distinção escola de artes e, adoptando o nome Alicia Keys, conquistou o mundo R&B aos 20 anos com o lançamento do seu álbum de estreia, Songs In A Minor. Tornou-se assim o maior sucesso do ano no estilo, o que criou as maiores expectativas em relação ao sucessor. Este chamar-se-ia The Diary Of Alicia Keys que lhe consolidou o sucesso comercial, tal como três Grammy's que se juntavam aos cinco ganhos no seu debut.

Em 2007 Alicia lançou o seu terceiro álbum de originais: As I Am. Tendo como primeiro single No One este rapidamente se tornou num dos seus temas de maior sucesso e reconhecimento (provavelmente mais que a sua assinatura até então, Falling). E junta mais dois Grammy's acumulando assim um respeitável número: 10!


E é então que chegamos a The Element Of Freedom. Com 28 anos, Alicia parece ter afinado a sua melodias e prestações sempre apaixonantes. Não sabendo o caminho a tomar aquando do início das gravações, Alicia diz ter conseguido libertar-se e mostrar novos elementos de si mesma, quer através de novas experiências musicais (como um teclado vintage) ou o reconhecimento das suas vulnerabilidades que tentava esconder numa imagem iludida de força. O primeiro single de apresentação é este Doesn't Mean Anything:



Arrisco-me a dizer que este é, já, o meu álbum favorito de Alicia Keys. Com melodias complexas e trabalhadas unidas a uma voz com uma certa dose de rouquidão controlada, as suas canções transformam-se facilmente em grandes hinos épicos. Ou então em algo completamente diferente, num registo a fazer lembrar a produção de ritmos quebrados e sintetizadores de Prince em plena década de 1980 como no segundo tema escolhido, Try Sleeping With A Broken Heart:



Num mundo recheado de Boyle's e outros fantoches, é bom saber que alguns artistas ainda valem por si e que conseguem manter-se fieis aos seus padrões e mostrar o seu brilho. Alicia, sem esquecer o aspecto comercial de toda a industria, sabe o que faz e tem-no feito como muito poucos até agora. E este trabalho é um dos maiores equilíbrios que escutei nos últimos tempos, para escutar de uma ponta à outra e com forte destaque a Put It In A Love Song (feat. Beyoncé), Empire State Of Mind (Part II) e Pray For Forgiveness, todas brilhantes.

Deixem-se ir...

Alicia Keys - The Element Of Freedom (Deluxe Edition) [2009]
(Nota: 9/10)

"Element of Freedom (Intro)" - /
"Love Is Blind"– *****
"Doesn't Mean Anything" - *****
"Try Sleeping with a Broken Heart" - *****
"Wait Til You See My Smile" - *****
"That's How Strong My Love Is" - ****
"Un-thinkable (I'm Ready)" - *****
"Love Is My Disease" - *****
"Like the Sea" - ****
"Put It in a Love Song" feat. Beyoncé - *****
"This Bed" - ****
"Distance and Time" - ****
"How It Feels to Fly" - ****
"Empire State of Mind (Part II)" - *****
"Through It All" - *****
"Pray for Forgiveness" - *****

*xuac*

Partilhar

Publicada porPedro José  

2 comentários:

Luy disse... 21/12/09, 17:14  

Ainda não tenho as músicas todas na memória, mas já posso adiantar que acho que é o melhor álbum dela, na minha opinião claro.
Dos anteriores só gostava de uma ou outra canção, porque achava muito repetitivo.

Pedro José disse... 22/12/09, 14:45  

A mim também convenceu logo =D

Enviar um comentário