“Push The Button” and dance...

Image hosted by Photobucket.com

Os Chemical Brothers, depois de em 2003 terem apresentado ao público um resumo dos primeiros 10 anos da sua música com “Singles 93-03”, voltam agora a carregar no botão com música nova. O regresso em 2005 intitula-se “Push The Button” e é mais um testemunho do porquê deste grupo ser de referência no mundo da música de dança.
Como sempre, há incursões sonoras que se reptem, as quais são imprescindíveis para imprimir o inconfundível estilo dos Chemical Brothers. Mas regista-se uma tentativa de acrescentar alguma mais valia à sonoridade agressiva que já caracteriza a sua música. E julgo que, se esse era mesmo um dos seus objectivos do grupo, ele foi conseguido.
Este é um álbum muito heterogéneo. Com a participação de desconhecidas, mas ilustres vozes, que dão o mote repetitivo nas letras das canções, o ritmo de dança, como era de esperar, é o elo de ligação entre todas as faixas.
Para mim, ouvir uma hora seguida de Chemical Brothers é algo tenebroso. Gosto muito da sua música, mas dada em doses pequenas. Mas este trabalho foge a essa regra. Embora não conheça em profundidade todos os trabalhos anteriores, este é sem dúvida de excelente qualidade.
Apesar da força estampada em “Galvanize”, que é o single de apresentação, este consegue álbum também dar lugar a uma emotividade frágil em temas como “Close Your Eyes” ou “Surface To Air”. A introdução de alguns ritmos asiáticos continua a dar um exotismo à música dos Chemical Brothers, mas há arrojadas experiências em “Push The Button” que destroem barreiras convencionais, levando-os a uma mistura dos sons dos anos 60 com o rap contemporâneo em “Left Right”.

Chemical Brothers - “Push The Button” [2005]
(Nota 7/10)

Temas:

1. Galvanize (*****)
2. The Boxer (**)
3. Believe (***)
4. Hold Tight London (****)
5. Come Inside (**)
6. The Big Jump (***)
7. Left Right (***)
8. Close Your Eyes (****)
9. Shake Bounce Break (***)
10. Marvo Ging (****)
11. Surface To Air (****)

Partilhar

Publicada porLuy  

5 comentários:

Zoick disse... 30/03/05, 17:15  

Lembro-me de ter começado a ouvir isto por tua causa... ;)

PJ: disse... 30/03/05, 17:40  

Pois, Zoick, o Luy tem destas coisas, impinge sempre destas coisas às pessoas... mas não te preocupes, enquanto ele não te obrigar a decorares a coreografia do Vogue, considera-te com sorte!!!!

LOL :pppp


PS- Tb gosto deste álbum dos CB ;)

Carlos disse... 31/03/05, 10:42  

Devo andar super distraido ou então sou muito leigo em questões de música, pois nunca tinha ouvido falar destes senhores. Luy fica já avisado que quando vier a Lisboa outra vez terá de trazer um reportório completamente diferente dentro do seu carro de modo a que possa ouvir NOVOS sons.

Luy disse... 31/03/05, 15:16  

PJ: said...
"enquanto ele não te obrigar a decorares a coreografia do Vogue, considera-te com sorte!!!"

Até parece... (sobre esta expressão vou ter que pagar direitos de autor)
Mas se o Zoick não tiver pés de chumbo como tu, talvez até o ensine.

Carlos, tal como pedes, eu levarei novos sons. E até cantarei os que me esquecer de levar. Todos gostam de me ouvir cantar. Não é?

gonn1000 disse... 06/04/05, 17:38  

Há boas canções, como "Galvanize", "Hold Tight London" ou "Surface to Air", mas no geral o disco não me convenceu e acho que é o mais fraco do duo. 5/10

Enviar um comentário